sem comentários ainda

Jovens discutem causas do suicídio e soluções de enfrentamento

O Centro Espírita Semente Cristã realizou na tarde-noite de sábado, 23 de setembro, programação alusiva ao – Setembro Amarelo – com a participação de jovens espíritas e não espíritas.

O evento foi aberto pela Banda Luz Sonar, do Centro Espírita Caridade e Fé, harmonizando o ambiente. O jovem Guilherme Brito do Nascimento fez a leitura da mensagem – Ser Jovem, seguido por José Wallyson Freitas com a Prece do Jovem.

Maria Eduarda Galvão Bueno falou sobre a Crise de Identidade que acomete o jovem e suas dificuldades, ressaltando a importância da família no amparo ao jovem que se sente incapaz de decidir em determinados momentos sobre o caminho a seguir e que, muitas vezes, essa ausência acaba precipitando o jovem que escolhe cometer o suicídio como forma de solucionar problemas.

Em seguida foi realizada uma roda de conversa mediada pela psicóloga Marise Brito do Rego, onde os jovens puderam manifestar-se sobre a causa que tem levado os jovens a buscarem o suicídio e as soluções possíveis.

Após o intervalo, o ator Flávio Sidônio apresentou a Carta de Caio – carta psicografada por um jovem que cometeu suicídio e que através da psicografia relata o seu despertar no mundo espiritual e suas reflexões como espírito acerca do suicídio. Flávio encerrou a apresentação interpretando a música do cantor, já desencarnado, Raul Seixas – Tente outra vez.

Dora Rodrigues realizou a última atividade da noite, a palestra – O suicídio na visão espírita, com reflexões sobre as consequências imediatas e futuras para o espírito que opta pelo suicídio.

Após a palestra foi formada uma grande corrente entre os participantes ao som da música do cantor Jota Quest – Daqui só se leva o amor. Jefferson Luiz, do Centro Espírita Caridade e Fé pronunciou a prece final, encerrando o evento.

Publicar um comentário